31 de agosto de 2017

Campanha recolhe mais de 4 toneladas de lixo eletrônico em dois dias

Talvez “sucesso” não seja uma palavra suficientemente forte para descrever o resultado da campanha de coleta de lixo eletrônico promovida pela SAAP. Em apenas dois dias (19 e 20 de agosto), os cidadãos de São Paulo deram uma aula de cidadania, mesmo debaixo de muita chuva e frio, e entregaram mais de quatro toneladas de resíduos – entre equipamentos de informática, eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

Nesse trabalho, a SAAP contou com a parceria da Recycare, especializada na reciclagem desse tipo de descarte. No dia 21, a companhia enviou um relatório e um certificado descrevendo em detalhes o que foi coletado –num total de 4.152 quilos, entre vidro, placas de circuito, alumínio, ferro, papel, tonners e plásticos.

A SAAP também teve como parceiros na iniciativa a BUCC Workspaces, empresa de coworking que cedeu seu estacionamento para centralizar a coleta, e a Comgás. Ambas ofereceram mudas de plantas em troca das sucatas – computadores antigos, fornos micro-ondas, monitores…

No total, em torno de 150pessoas de toda a cidade de São Paulo responderam à campanha, divulgada amplamente pelas redes sociais. De Alto dos Pinheiros, foram 50 doadores, mas temos certeza de que esse número crescerá nas próximas edições.

A campanha serviu para chamar a atenção para o descarte correto de produtos eletrônicos. Apesar de parecerem inofensivos, muitos levam em sua montagem substâncias tóxicas, como chumbo (que pode causar danos ao sistema nervoso), arsênico (em níveis elevados, pode matar), berílio (danos ao pulmão e potencialmente cancerígeno) e mercúrio (prejudicial a rins, ao cérebro e aos fetos).

Veja também

30 de outubro de 2013

Eletropaulo e os #malditosfios

15 de maio de 2010

Pata-de-elefante