9 de agosto de 2018

Morador de Alto dos Pinheiros, fotógrafo doa seu trabalho para ilustrar livro que conta a história do bairro

Em um livro que tem como propósito contar a história de um bairro, as imagens são tão importantes quanto as palavras. Por isso a SAAP, que está prestes a lançar uma obra sobre como Alto dos Pinheiros foi criado e se desenvolveu ao longo dos anos, além de fazer um levantamento minucioso de fotos do passado buscou a ajuda do talentoso fotógrafo Lau Polinésio. O profissional carrega na bagagem 35 anos de experiência e já publicou em algumas das principais revistas do país.

Morador do bairro, Polinésio aceitou, sem hesitar, o convite para fazer as imagens que ilustrarão o livro. E foi com o olhar íntimo de quem vive em Alto dos Pinheiros que ele registrou os cenários há muito incorporados à sua memória afetiva.

“Trabalhei com um briefing que dizia o que tinha de ser fotografado. Vivo aqui há muitos anos, então já conhecia quase tudo. É um bairro espetacular, muito privilegiado pela sua arborização.”

Mesmo diante de tanta familiaridade, a tarefa não foi fácil. “A matéria-prima da fotografia é a luz, que precisa estar certa. Às vezes, você chega num local, e já dá para fotografar; outras, não. Fui muitas vezes à praça Panamericana, por exemplo. É uma atividade que demanda tempo”, explica.

 

O artista revela ter feito em torno de 200 fotos, entre as quais escolheu aproximadamente 80. O material foi entregue à equipe responsável pela edição da obra.

Como “aperitivo”, confira em primeira mão algumas das imagens captadas pelas lentes de Polinésio. E fique atento, porque em breve divulgaremos novas notícias sobre o lançamento do livro que vai eternizar as histórias do nosso tão amado bairro.

 

 

Veja também

25 de agosto de 2012

Participe

15 de maio de 2010

Fumo-bravo