26 de março de 2019

Prédio se associa à SAAP para ter mais força em suas reivindicações

 

Em fevereiro, a SAAP ganhou um associado – que vale por quase 100. Trata-se do Jardins de Bordeaux, um prédio de 96 famílias que vieram se somar às cerca de 1.700 que já fazem parte de nossa instituição. Localizado à rua Massacá, o condomínio percebeu que “a união faz a força” não é apenas um clichê, e buscou a associação para fortalecer suas reivindicações sobre questões como segurança e zeladoria.

“Nós precisávamos participar das discussões sobre Alto dos Pinheiros, afinal, nossos condôminos também moram aqui e somos mais fortes quando estamos juntos”, diz o leiloeiro Sérgio Altit, síndico do condomínio.

O edifício tem enfrentado problemas principalmente com o abastecimento de eletricidade por parte da Enel (antiga Eletropaulo). “Já chegamos a ficar mais de um dia sem energia elétrica, e o serviço de reclamação às vezes não funciona quando há chuvas”, relata Altit.

A interrupção de fornecimento de energia por causa de queda de árvores ou de galhos é, de fato, uma constante no bairro. O assunto foi abordado com o novo prefeito regional de Pinheiros, João Grande, em reunião com a SAAP no final de fevereiro. Ele se comprometeu a intermediar o diálogo entre a Enel e o poder público para detectar pontos prioritários de poda e combater o problema.

“Não acho que a solução seja brigar. O que queremos é que as normas sejam cumpridas, devemos cobrar o setor público. Essa é a maior razão de nos integrarmos à SAAP”, continua Altit.

Morador do bairro há 14 anos, ele conhece a SAAP desde que se mudou para cá: “Há vários voluntários na associação, que trabalham por nós mesmo não sendo remunerados. Nós temos de apoiar a SAAP”.

O prédio não foi o único a perceber a importância de estar ao nosso lado em fevereiro. Ganhamos também quatro associados pessoas físicas, o que nos dá força para continuarmos a lutar pelo bem do bairro, como temos feito nos últimos 40 anos.

Associe-se aqui!

[mc4wp_form id=”4455″]