21 de dezembro de 2016 0

Moradores de Alto dos Pinheiros se mobilizam contra falhas de energia e Eletropaulo promete resolver problema

Eletropaulo vai fazer diagnóstico para determinar motivos de falhas constantes no fornecimento de energia em Alto dos Pinheiros e, depois, iniciará manutenção preventiva.

Não precisa nem de chuva nem de vento. Em certos pontos de Alto dos Pinheiros, não são raras as vezes em que o fornecimento de energia elétrica é interrompido, mesmo sem motivo aparente. Em 2016, por exemplo, houve períodos de mais de 30 horas sem luz, situação que provocou uma série de transtornos para quem vive no bairro.

O clima de indignação é tão grande que uma moradora resolveu fazer um abaixo-assinado cobrando respostas da Eletropaulo —  em 15 dias, ela conseguiu quase 700 adesões. E a companhia respondeu.

A SAAP fez a ponte entre a demanda dos moradores e a empresa de fornecimento de energia elétrica. Em 16 de dezembro, três técnicos do órgão se reuniram com a associação e trouxeram a boa notícia: a Eletropaulo irá fazer um diagnóstico nas áreas onde estão as residências daqueles que assinaram a petição. A ideia é que, após identificados, os problemas que provocam os cortes de eletricidade comecem a ser resolvidos.

Na reunião, os técnicos já apresentaram um mapa com algumas das ruas onde o trabalho será realizado. Além disso, trouxeram dados sobre quedas de energia entre janeiro e novembro de 2016, período em que foram registradas 329 ocorrências, 77% delas por motivos ambientais — como queda de árvores —  e 17% por problemas em equipamentos e materiais.

Com base nessas informações, a Eletropaulo apresentou um planejamento de ações para Pinheiros em 2017, que inclui, entre outras coisas, 5.614 podas e manutenção extensiva dos equipamentos da empresa.

Em janeiro, a companhia deverá ter mais informações sobre o plano de ação nas áreas onde vivem os moradores que participaram do abaixo-assinado.