22 de agosto de 2019

Você adota práticas sustentáveis no dia a dia e dá a destinação correta a seus resíduos? Compartilhe sua experiência e participe da Semana Lixo Zero

A cada dia, São Paulo produz em média 20 mil toneladas de lixo, sendo que 60% desse total vêm dos domicílios da cidade e 97% do lixo recolhido nas casas tem como destino final o aterro sanitário. Sabemos que o espaço para a construção de aterros não é infinito. Por isso, precisamos repensar com urgência a nossa forma de consumir e a maneira como encaminhamos e tratamos os nossos resíduos, pensando em soluções que contemplem as gerações futuras.

A “Semana Lixo Zero”, que acontece entre 18 e 27 de outubro em várias cidades do país, tem o intuito de sensibilizar as pessoas para esse assunto.

A mobilização é uma iniciativa do Instituto Lixo Zero, fundado em 2010 para representar a Zero Waste International Alliance, movimento internacional de organizações que desenvolvem o conceito e práticas Lixo Zero no mundo. Ela é realizada com o objetivo de articular as pessoas em torno do tema e conscientizá-las sobre a importância da adoção de boas práticas.

“A meta é chamar a atenção da sociedade para a urgência de levarmos um estilo de vida mais sustentável. No ano passado, o evento aconteceu simultaneamente em mais de 50 municípios e teve boa cobertura de mídia”, explica Carine Clever Galvão, associada da SAAP e uma das organizadoras paulistas do evento.

A expressão lixo zero, em princípio, assusta. Porém, o conceito é simples. Significa reduzir ao máximo a geração de resíduos e encaminhá-los corretamente para reciclagem ou compostagem, no caso dos restos orgânicos. Apenas o que não for reciclável ou compostável -como o lixo do banheiro, por exemplo- deve ter a destinação comum, ou seja, ser enviado para o aterro sanitário.

Iniciativas

A próxima edição da “Semana Lixo Zero” é uma ótima oportunidade para Alto dos Pinheiros mostrar o que está fazendo sobre a questão. Se você ou sua empresa já desenvolve alguma prática sustentável ligada à destinação de resíduos, conte para a SAAP e bole alguma ação para divulgá-la durante o evento. Se não tem, mas gostaria de criar, pense em algum projeto para ser realizado durante a mobilização. Vale tudo! Palestras, cursos, manifestações artísticas…basta ter a sustentabilidade ambiental como horizonte!

Um grupo de moradores do bairro criou um bem- sucedido projeto de reciclagem de bitucas de cigarro na praça Província de Saitama. “Uma das idéias é a SAAP fazer uma parceria com a Poiato Recicla, empresa que realiza esse serviço, e espalhar, durante a Semana Lixo Zero, coletoras por outras praças do bairro para sensibilizarmos as pessoas para o fato das bitucas serem recicláveis”, adianta Carine.

A associação também promove a sustentabilidade ambiental por meio de algumas de suas ações, como, por exemplo, no projeto de conscientização sobre descarte de lixo verde e na campanha de coleta de lixo eletrônico – que, por sinal, terá uma edição especial durante a mobilização. Além disso, a SAAP planeja participar do evento com diferentes ações em parceria com o Instituto Flor Gentil, a Horta & Escola da Terra e a GLH Assessoria e Consultoria Ambiental, entre outros. Futuramente, daremos mais detalhes sobre os projetos!

Conte para nós o que você ou sua empresa faz – ou pretende fazer – para deixar nosso bairro e nossa cidade mais limpos e sustentáveis. Mande um e-mail para saap@saap.org.br e conte com a SAAP para a apoiar e divulgar a sua iniciativa!

E não se esqueça: para o planeta, não existe “jogar fora”.